terça-feira, 23 de agosto de 2016

VOCÊ SABIA?
QUE EXISTE A HORA DE DEUS?

“Por isso vocês também fiquem vigiando, pois o Filho do Homem chegará na hora em que vocês não estiverem esperando. Mateus 24.44 – (NTLH)

Vivemos sempre muito preocupados com a nossa hora, a nossa oportunidade, a nossa vez. Nada mais apropriado do que nos lembrarmos de que haverá, também, a hora de Deus. Quando nada mais poderemos fazer, só nos restará erguer os olhos para o céu e pedir o socorro do grande Pai.
A Bíblia fala da HORA DE DEUS. A hora do juízo, quando todos prestaremos contas ao Senhor do Universo. Será uma hora solene e terrível! Mas há, felizmente, para cada um de nós, uma hora especial de Deus. Não é de juízo, não é de repreensão, não é de condenação. É de convite. É quando Ele nos fala, apela ao nosso coração e à nossa razão, insiste para que demos um lugar a Ele em nossas vidas. São Dele estas palavras: “Eis que estou à porta e bato”. (Apocalipse 3.20). Podemos abrir ou não esta porta. Devemos lembrar de que todas as horas passam. Até mesmo essa HORA DE DEUS. Agora Ele oferece, depois Ele vai exigir. Hoje Ele perdoa, amanhã vai julgar e pode condenar. Abra o coração e deixe Cristo entrar para que depois não venha a arrepender-se por não ter reconhecido a HORA DE DEUS para a sua vida. Jesus disse: “... Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.” Lucas 23.43
A HORA DE DEUS HOJE É DE VOCÊ SER SALVO!

Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai
Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

VOCÊ SABIA?
QUE HONRAR O PAI É UM
 MANDAMENTO DE DEUS?

“Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. HONRA A TEU PAI e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.” Efésios 6.1-3

Honrar o pai é um mandamento de Deus. Quero afirmar isso com base no texto em referência e em outros que encontramos na Bíblia.
Um filho nada deveria fazer que desonre o nome de seu pai, mas tão somente aquilo de que seu pai possa sentir-se orgulhoso.
A palavra “honra” é a tradução do termo grego “timao” que quer dizer “dar um preço”, “valorizar”, “estimar”, ou seja, honrar, através do respeito apropriado. Inclui também a idéia de reverência.
O versículo inicia chamando a atenção dos filhos ao que está sendo dito “Filhos”, obedeçam.
A importância do mandamento era tão forte que dentro da legislação do antigo testamento mereceu o adorno de uma promessa a ele ligada, para encorajar a sua observância.
Veja que o escritor de Efésios diz: “para que te vá bem”. Havendo uma atitude de obedecer e honrar ao pai a promessa de bênção sobre o filho se fará realidade.    
Você filho, tem honrado a seu pai?
Você o trata com reverência?
Você demonstra respeito por ele?
Lembre-se que Deus orienta: “HONRA A TEU PAI”.


Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai 
Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP.
http://vocesabiaa.blogspot.com.br/ 
Contato: pastorfernandes1@gmail.com

terça-feira, 26 de julho de 2016

VOCÊ SABIA?
QUE EXISTE A SÍNDROME DO FARISEU?
“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia!” Mateus 23.27
Jesus expressa no capítulo 23 do livro de Mateus os “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas...”. Os Evangelhos estão cheios de controvérsias entre Jesus e os fariseus, porque?
Porque eram arrogantes, “O fariseu, posto em pé, orava de si para si mesmo, desta forma: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros, nem ainda como este publicano;” Lucas 18.11
Porque queriam impressionar os outros, “Praticam, porém, todas as suas obras com o fim de serem vistos dos homens;...” Mateus 23.5
A postura de superioridade dos fariseus era tanta que a Bíblia diz: “Todo o povo que o ouviu e até os publicanos reconheceram a justiça de Deus, tendo sido batizados com o batismo de João; mas os fariseus e os intérpretes da Lei rejeitaram, quanto a si mesmos, o desígnio de Deus, não tendo sido batizados por ele.” Lucas 7.29-30
Poderíamos ainda citar outros textos acerca do comportamento dos fariseus, mas o que temos já é suficiente para avaliar o nosso comportamento.
Será que não estamos também tendo o mesmo comportamento? Será que não estamos buscando a nossa glória? Será que não estamos invertendo os valores?
Pense nisso e mude enquanto é tempo. Vigie para não viver:

A SÍNDROME DO FARISEU!

Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai
Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP.

terça-feira, 12 de julho de 2016

VOCÊ SABIA?
QUE DEUS NÃO NOS DEU
UM ESPÍRITO DE COVARDIA?


Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.”  II Timóteo 1.7

É impressionante como as pressões da vida nos fazem seguir o caminho do medo, da covardia, temos medo de posicionar-nos diante de questões que seriam resolvidas com facilidade.
Estudando o texto em referência cuidadosamente, aprendemos que a palavra grega para “espírito de covardia” pode também ser traduzida por “timidez”, o que indica um temor covarde e vergonhoso provocado por um caráter fraco e egoísta.
A expressão “poder”, também no texto, tem o sentido de que Deus já concedeu aos cristãos todos os recursos que precisam para enfrentarem toda tribulação e ameaça.
O momento da história era de ataques de falsos mestres que estavam trabalhando contra os ensinamentos transmitidos por Timóteo.
Penso que devemos tomar a decisão de temer somente ao Senhor. Jesus disse: Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo.” Mateus 10.28 – (ARA)
Vamos pedir ajuda ao Senhor em oração para não sermos covardes, pois DEUS NÃO NOS DEU UM ESPÍRITO DE COVARDIA!

Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai
Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

VOCÊ SABIA?
QUE A BÍBLIA REVELA QUEM SOU?
“De fato, tenho sido mau desde que nasci; tenho sido pecador desde o dia em que fui concebido.”
Salmos 51.5 – (NTLH)
Ao ler a Bíblia, percebi quem era Deus, o que Ele fez e o que disse aos homens. Compreendi que vive eternamente, que não muda, que conhece, vê e registra tudo. Ele é bom, justo, santo, poderoso, sábio e infinitamente paciente.
Mas também soube quem eu era: egoísta, orgulhoso e indiferente à Sua vontade. Queria viver como bem achava, sem me preocupar com o Criador.
Finalmente entendi que Deus me oferecia Seu perdão e paz. Eu não tinha nada a fazer para obter o favor de Deus, apenas recebê-lo. Deus Se encarregou de absolutamente tudo. Ofereceu o maior resgate possível: Seu Filho, Jesus Cristo, que veio do céu para nos falar do amor divino.
Ao comprovar que minha vida era um fracasso diante de Deus, me voltei para Ele. Pedi que me perdoasse por meio do sangue de Jesus derramado na cruz.
Hoje sei que sou uma nova criatura. Sou um filho de Deus, faço parte da família, a Igreja do Deus vivo.
Minha vida é totalmente diferente, agora me alegro na presença do Senhor, que prometeu:
...eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” Mateus 28.20
ALÉM DA BÍBLIA REVELAR QUEM SOU,
ELA REVELA TAMBÉM O AMOR DE
JESUS POR MIM. ALELUIA!

Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai
Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP.

quarta-feira, 8 de junho de 2016


VOCÊ SABIA?
QUE SER PASTOR É VIVER EM
CONSTANTE OBEDIÊNCIA A DEUS?
Ele escolheu alguns para serem apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e ainda outros para pastores e mestres da Igreja.” Efésios 4.11 – NTLH

Nenhum pastor que é convicto de sua vocação ao ministério pastoral deve esquecer tampouco descuidar de viver uma vida em obediência a Deus.
Ser chamado por Deus para uma obra não pode ser confundido como uma profissão. Não pode ser visto como um emprego. Não pode ser visto como uma posição de status, mas sim de serviço.
A vida em obediência levará a uma ação espiritual natural da parte de Deus. O pastor verá sempre uma manifestação extraordinária de Deus em sua vida e também na vida daqueles ao qual ele ministra.
Vejam o que diz I Pedro 5.2-4 – (NTLH), “Aconselho que cuidem bem do rebanho que Deus lhes deu e façam isso de boa vontade, como Deus quer, e não de má vontade. Não façam o seu trabalho para ganhar dinheiro, mas com o verdadeiro desejo de servir. Não procurem dominar os que foram entregues aos cuidados de vocês, mas sejam um exemplo para o rebanho. E, quando o Grande Pastor aparecer, vocês receberão a coroa gloriosa, que nunca perde o seu brilho.”
Haverá momentos que todos dirão sim a uma situação, mas o pastor, em sua comunhão com Deus dirá não, ou ao contrário, muitos dirão não e o pastor dirá sim.
Portanto, ser pastor é viver sob a dependência de Deus e não de homens. Não é uma vocação para uma vida temporal, mas sim para a vida eterna.
Ser pastor é cuidar do bem mais precioso de Deus. O ser humano, criado a imagem e semelhança de Seu Criador. Ser pastor é preparar a criatura para viver eternamente com Seu Criador. Não esqueça: SER PASTOR É VIVER EM OBEDIÊNCIA A DEUS!

 Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai – Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP. Em: 12/06/2011 - http://vocesabiaa.blogspot.com.br/ - Contato: pastorfernandes1@gmail.com

terça-feira, 31 de maio de 2016

VOCÊ SABIA?
QUE A DECISÃO CERTA É VOLTAR
PARA OS BRAÇOS DO CRIADOR?

“Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”
Gênesis 1.27 – (ARA)
Como é maravilhoso saber que Deus nos criou, mais ainda quando diz: “...à sua imagem...”. Porque Deus nos criou? Qual foi o Seu objetivo? Várias perguntas vêm a nossa mente.
A Bíblia a Palavra de Deus, responde: Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo, assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado,” Efésios 1.3-6 – (ARA)
Deus nos criou. Somos de Deus. Ele tem o direito sobre nossas vidas. Infelizmente nós nos afastamos de Deus, viramos as costas para Ele.
Mesmo assim, visando o nosso bem, Ele se fez homem em Jesus Cristo, para compreendermos ainda mais, em termos práticos, a vida que Ele tem para cada um de nós.
Pare de se ocupar com tantas coisas que não levam a nada e volte agora para o seu Criador. Volte para Deus através de Jesus Cristo. Convide agora Jesus Cristo para ser o seu Salvador, fique atento, pois a DECISÃO CERTA É VOLTAR PARA OS BRAÇOS DO CRIADOR!

Escrito pelo Pr. Aparecido Fernandes, da Igreja Batista Sinai
Estrada do Sabão, 353 – Jd. Maristela – SP.